(43) 3326-5500 sac@mamalatina.com.br
Mama Latina Blog 980×400

Vitamina D, um bem necessário!

A vitamina D é, resumidamente, um hormônio obtido através da exposição ao sol e à alimentação. Especialistas revelam que ela é necessária para a manutenção de várias funções do corpo, como para a manutenção do tecido ósseo, fortalecimento do sistema imunológico, prevenção da depressão e osteoporose, atuando até mesmo nos efeitos causados pela diabetes e pela obesidade, assim, mesmo que a longo prazo, sua falta é uma certeza de graves prejuízos a saúde.

Como é produzida quase que integralmente pela pele em resposta à exposição e radiação ultravioleta da luz natural, para obtê-la é necessário que o individuo se exponha ao sol de maneira “direta”, visto que os raios de luz solar não atravessam os vidros do carro ou do escritório, por exemplo (não vale dizer que você está se beneficiando dessa maravilha quando está levando os filhos de carro para a escola, ou por sua mesa ter acesso a uma vista linda e ensolarada, porém bloqueada por um vidro).

Assim, devido a todos os benefícios trazidos por ela e os malefícios causados pela falta dela, é importante que nos importemos com sua presença em nosso dia a dia.

Então ai vai uma dica da Mama Latina para que você mantenha uma amizade sincera com essa vitamina poderosa: SE EXPONHA AO SOL pelo menos 15 minutos por dia e sem filtro solar. Só isso!
E isso não quer dizer que você precise ficar parado no sol feito lagarto, fritando nesse calorzão. Use esse tempo para exercitar o corpo e a mente! Como?!

Aposte em roupas que deixem seu corpo mais a mostra, cores claras, mais leves e com tecidos com uma menor compressão. Os shorts e as regatas dry fit são uma boa escolha para esta ocasião. Depois é só se jogar em uma caminhada leve, ou até mesmo em uma curta volta pelo bairro ou praça.

Além de estar diretamente exposta aos raios solares, você estará mantendo o corpo em movimento, aumentando a produção de uma das vitaminas mais importantes para a sua saúde, e contribuindo para sua saúde mental e qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *