(43) 3326-5500 sac@mamalatina.com.br
28 Banner

O que aumenta o risco do câncer de mama?

Segundo tipo de câncer mais incidente no mundo, o câncer de mama atingiu cerca de 1,7 milhão de pessoas no mundo de acordo com a Organização Mundial da Saúde. A doença não tem uma causa única: vários são os elementos que podem interferir no aumento do risco de desenvolvimento da condição, como fatores endócrinos, comportamentais e hereditários.

Como a Mama Latina acredita que conhecimento é poder, aqui vão alguns detalhes de tudo que pode elevar o risco de desenvolvimento do câncer, especialmente o de mama. Porque informação é a base de qualquer proteção!

ENDÓCRINOS
Fatores relacionados à produção e ao consumo de hormônios no organismo: menopausa tardia, menarca antes dos 12 anos, primeira gravidez após os 30 anos, não ter tido filhos, além do uso de contraceptivos orais por tempo prolongado.

COMPORTAMENTO
Fatores relacionados a hábitos e costumes ou ao ambiente: ingestão de bebida alcoólica, sobrepeso e obesidade pós-menopausa, exposição à radiação.

GENÉTICOS
Fatores relacionados a mutações nos genes BRCA1 e BRCA2 (são genes que todos nós temos, cuja função é impedir o surgimento de tumores através da reparação de moléculas de DNA danificadas): histórico de câncer de mama ou de ovário em familiares consanguíneos.

Lembrando que esses fatores NÃO são sintomas da doença, apenas representam possíveis riscos de aumento no desenvolvimento da condição. Exercite-se sempre e faça do seu dia a dia o mais saudável possível com a Mama Latina: na luta contra o câncer de mama! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *